Críticas e Opiniões DC Filmes 

[Crítica] Liga da Justiça [SPOILERS]

[⚠ SPOILERS PARA O FILME JUSTICE LEAGUE⚠]

Após várias dificuldades durante a produção do filme, desde a saída do realizador após situações trágicas – ler mais, o presidente da Warner Bros. obrigar o filme a ser abaixo de 2 horas até às refilmagens que fizerem o filme ter de aumentar o orçamento do filme… Apesar disso, Liga da Justiça da DC é um filme divertido e acelerado que te cola ao ecrã de inicio a fim onde junta os heróis principais de uma das mais famosas equipas de adaptações de Banda Desenhada. Mesmo com grandes pontos positivos, não se deixa de pensar que o filme poderia ser muito mais.

Com Batman, Mulher-Maravilha, Flash, Cyborg, Aquaman e mais tarde Superman, o filme para fãs da série animada de 2001 a 2006, é um filme muito nostálgico dando uma vibe de um episódio desse cartoon. A produção começa com os espectadores a ver pela gravação de um telemóvel um grupo de crianças a fazer perguntas ao Superman, aí pode-se ver que o filme, para aqueles que não ficaram contentes com a produção anterior (Batman V Superman), será muito mais “leve”.


Pontos Negativos

Muitos fãs ficaram surpresos quando foi revelada a duração do filme, sendo só 2h, nem mais nem menos. Sendo um filme que iria juntar mais de 5 heróis era estranho ser tão pouco tempo. Mas, pela recente notícia a culpa não foi dos realizadores nem mesmo dos produtores, mas sim do presidente do estúdio Warner Bros, que obrigou o filme a ser abaixo de 2h, na qual se pode dizer que não foi uma das melhores decisões. O que me leva ao meu primeiro ponto. O filme é rápido e apressado, o que não é secante, pelo contrário (ponto positivo, ler abaixo) mas com 120 minutos, a produção deixa a desejar por pelo menos mais 15 minutos de cenas extras, para ligar pequenos pontos, ou até mesmo para passar mais tempo a conhecer estas personagens.

O vilão, Steppenwolf, para os menos conhecidos em BDs, este vilão é o tio do Darkseid, um dos vilões mais poderesos e mais cruéis do universo da DC Comics. Ambos vindos do planeta Apocalypse, neste filme apenas Steppenwolf aparece. Na produção, Steppenwolf, deixa muito a desejar. Pode-se dizer que não houve grande evolução deste personagem no filme, até podendo-se culpar no tempo de duração. Este, para mim, em todos os filmes situados no universo estendido da DC (DCEU) é o primeiro vilão que não me satisfez.

O CGI (efeitos visuais, especiais) não é o melhor, em certas alturas, mais propriamente na cara do Superman. Acho que para quem soube da notícia em que nas refilmagens do filme tiveram de colocar efeitos especiais por cima do bigode do ator Henry Cavill (Superman), dava para notar. Após ler, uma pessoa, mesmo indirectamente, vê e consegue descobrir qual foram as cenas que existem efeitos visuais na cara do mesmo. Para aqueles espetadores que não souberam da noticia, quase nem dá para perceber, a não ser que estejam mesmo atentos a tudo, o que não é o caso.


Pontos Positivos

Começo pelo ponto mais forte do filme, a dinâmica e química entre os personagens e o seu elenco. O filme tem das melhores relações entre os seus personagens. Desde o feitio sério do Batman, a patetice e brincadeiras do Flash, ao sentimento forte do Cyborg, a maravilha da Wonder Woman, da solidão do Aquaman até à esperança do Superman, estes personagens contemplam-se uns aos outros, e tornam esta relação no filme, na qual até apetecia só ter um filme apenas com eles a falar, já chegava.

Mesmo com uma pequena duração, o filme não é seca, no qual leva um ponto positivo, desde o início ao fim, não me lembro de um momento em que havia cenas paradas, ou sem divertimento. O ponto anterior em relação aos personagens ajuda muito, isto deve-se acho que a algum diálogo adicionado por parte do realizador substituto, Joss Whedon, que ajudou a acabar o filme.

A cinematografia, como fã do realizador principal Zack Snyder, foi triste vê-lo ter de se ausentar da produção do filme, após o trágico suicídio da sua filha. Este realizador como visionário tem das melhores cenas filmadas em filmes adaptados de Bandas Desenhadas. Como fã, é possível ver qual, no filme, são obviamente cenas de Snyder, mas para o público comum muitas das vezes nem sequer dá para perceber quais foram as cenas refilmadas por Whedon, o que torna positivo pois a junção de cenas de diálogo deste complementaram ainda mais cenas filmadas originalmente por Snyder.

Isto para mim, é um ponto positivo, pois via a série animada Justice League, quando era mais novo, o que me levou a ter um sentimento de nostalgia. O filme tendo apenas 2h, parece mesmo ser um episódio da animação. Ver estes personagens que eu admirava e continuo a admirar hoje em dia, a dialogar pela primeira vez no grande ecrã deu-me este sentimento de alegria e emoção, esperando e querendo ver mais no futuro.


Liga da Justiça, por fim, é um filme divertido e agradável, apesar dos seus problemas, não deixa de ser uma produção alegre dando a conhecer aos não-conhecidos, a grande equipa da DC, deixando assim a chorar por mais.

Mesmo sem cenas secantes e com a grande química da equipa, o filme deixa a desejar um pouco mais, ficando a pensar como ficaria o filme com mais 15 a 20 minutos de cenas extras.

Liga da Justiça tem no elenco Ben Affleck (Batman), Gal Gadot (Mulher-Maravilha), Henry Cavill (Superman), Jason Momoa (Aquaman), Ray Fisher (Cyborg), Ezra Miller (Flash), Amber Heard (Mera), Willem Dafoe (Vulko), J.K. Simmons (Comissário Gordon), Jesse Eisenberg (Lex Luthor), Jeremy Irons (Alfred) e Amy Adams (Lois Lane), entre outros.

O filme da Liga da Justiça estreou no dia 16 de Novembro de 2017 nos cinemas.
Podes ver o filme clicando em Justice League, no entanto o filme ainda tem baixa qualidade, será substituído assim que houver qualidade melhor.

Related posts