DC Filmes 

The Batman – Robert Pattinson fala publicamente desde a sua contratação como o herói da DC

Numa extensa entrevista ao Variety, o ator Robert Pattinson pronunciou-se pela primeira vez desde o anúncio de que seria o próximo nome a vestir a pele do Batman.

O ator de 33 anos começou por revelar que chegou a estar bastante preocupado em não ganhar o papel após a internet ficar a saber de que ele seria o protagonista de The Batman. No entanto, Pattinson ainda nem sequer tinha feito o casting.

O ator revelou estar aterrorizado com as notícias, visto que isso poderia influenciar a Warner Bros. a não contratá-lo: “Quando aquilo vazou, eu fiquei bastante furioso. Toda a gente estava chateada. A minha equipa começou a entrar em pânico…”

Para além disso, quando Pattinson foi anunciado como um dos principais candidatos ao papel, houve uma grande parte da internet que reagiu de forma negativa. Porém, o ator mostrou-se bastante otimista com as reações: “Para ser sincero, foi menos violento do que eu estava à espera. É muito mais divertido quando és o oprimido. Assim as expectativas não são tão altas.”

Embora tenha ficado conhecido pela popular franquia adolescente Twilight, o ator optou por construir uma carreira à volta de aclamados filmes independentes, como Good TimeHigh Life, e não seguir um caminho pelas grandes franquias. Contudo, houve um período em que Pattinson esteve na mira da Marvel Studios para um papel de destaque em Guardians of the Galaxy (2014):

“A ideia de tentar essa transição após «Twilight», nunca foi algo que me vi a fazer.”, disse. Para Pattinson, o Batman foi o único super-herói que ele sempre amou: “É um personagem bastante interessante. Acho que é o facto de ele não ter super-poderes.”

Pattinson estava atrás do papel há muito mais tempo do que muitos imaginavam. O ator descobriu que o realizador e argumentista Matt Reeves estava a construir uma história focada num Bruce Wayne mais jovem: “Eu tinha o Batman na mente já há algum tempo. É algo tão estranho de dizer. Eu tinha uma pequena ideia de como interpretá-lo, e andava a chatear o Matt. Ele não respondia, mas eu queria mesmo conhecê-lo.”

Quando Reeves terminou o guião, ele aceitou conhecer Pattinson em Los Angeles: “E depois tive de tentar imaginar o que ele tinha escrito, e eu ainda nem sequer tinha lido o guião. Eu entrei na reunião com um bloco de notas cheio de anotações.”

Enquanto as discussões continuavam, Pattinson dirigiu-se ao Festival de Cannes em Maio, para promover o filme The Lighthouse. Considerando que já tinham saído as notícias de que ele seria o potencial novo Cavaleiro das Trevas, a imprensa estava de volta do ator: “Foi um terror. Eu fiquei ‘M*rda! Será que isto vai lixar a minha oportunidade, sendo que eles gostam de manter tudo em segredo?’.” O ator recebeu então o guião de The Batman, e ficou no seu quarto de hotel na França, a ensaiar: “Aquilo tudo foi muito para uma pessoa lidar.”

Após deixar Cannes, Pattinson voltou novamente a Los Angeles para experimentar um fato do herói para o realizador e para os executivos do estúdio, numa audição capaz de mudar carreiras em Hollywood: “Foi uma das coisas mais malucas que já fiz na minha vida.”

“Eu coloquei o uniforme. E lembro-me de dizer ao Matt, ‘Isto faz-te realmente ser outra pessoa!’. E ele disse, ‘Aposto que faz. Tu estás literalmente a usar o fato do Batman’.” Em relação ao momento, o ator descreveu: “Sentes-te imediatamente poderoso. E é realmente surpreendente, algo que é incrivelmente difícil de vestir. Um ritual que chega a ser um pouco humilhante. São cinco pessoas que estão a tentar ajudar-te a colocar um fato. Mas depois de estares vestido, é como ‘Sinto-me forte. Sinto-me duro, apesar de ter alguém atrás de mim a tentar colocar as minhas nádegas numas calças’.”

Cinco dias depois de ter feito o teste de guarda-roupa, Robert Pattinson foi oficialmente anunciado como o novo Batman: “Fiquei absolutamente aliviado quando o Matt me telefonou.”, disse o ator, que tornou-se o rival de Nicholas Hoult (X-Men: Dark Phoenix) durante o processo.

“Curiosamente, o telefonema aconteceu no mesmo dia em que comecei a trabalhar com o Christopher Nolan.”, revelou, referindo-se a Tenet, o próximo projeto de Nolan (The Dark Knight) no qual irá protagonizar. “É algo bizarro. Eu até pensei, ‘Que coincidência isto ter acontecido. Que loucura’. O Nolan chegou também a dar-me algumas dicas sobre o fato, como colocar mais movimentos e assim.”, completou.

Pattinson vem substituir Ben Affleck, que vinha a dar vida ao icónico herói nos dias atuais, mas que não irá regressar ao papel de Bruce Wayne, visto que o filme do personagem será situado nos anos 90.

A história será centrada numa versão passada do atual Batman, durante os seus primeiros anos como vigilante. A premissa acompanhará o Cavaleiro das Trevas a usar as suas habilidades como detetive para resolver um mistério.

A primeira aventura a solo do Batman dentro do Universo Estendido da DC (DCEU) está agendada para estrear no dia 25 de Junho de 2021, nos cinemas. As filmagens estão previstas para serem iniciadas algures neste Inverno. Na realização e argumento estará então Matt Reeves (Dawn of the Planet of the Apes).

A versão interpretada por Affleck foi introduzida pela primeira vez em Batman v Superman: Dawn of Justice (2016), já em Justice League (2017) foi a sua aparição mais recente.

Related posts