Filmes Marvel 

Spider-Man – Disney/Marvel obrigou Sony a cortar participação do herói em «Venom», diz site

De acordo com informações do Collider, o Homem-Aranha do ator Tom Holland estava previsto para ter uma aparição especial em Venom, filme protagonizado por Tom Hardy.

Duas fontes do site afirmam que a participação chegou inclusive a ser filmada, mas a Disney/Marvel Studios obrigou a Sony Pictures a remover a cena, que iria envolver o Peter Parker sem o seu uniforme.

O site afirma que esta decisão deveu-se ao facto da Marvel Studios não querer uma ligação entre as duas franquias. Visto que, caso o Spider-Man de Holland tivesse um crossover com o Venom de Hardy, isso iria diretamente incluir o Universo próprio da Sony (SUMC) dentro do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU).

No entanto, a Sony sempre teve em mente trazer o Spider-Man do ator Tom Holland para o seu universo, o chamado Universo de Personagens Marvel da Sony (SUMC), onde se situam filmes como Venom e o futuro Morbius. Considerando que agora já não existe uma partilha do personagem entre a Sony e Marvel, isso torna-se bastante possível de acontecer.

Este drama todo faz parte de uma discórdia com o financiamento e a repartição das receitas dos futuros filmes entre a Sony e Disney. Tal situação que obrigou ao cancelamento da parceria entre ambos os estúdios, o que impede o envolvimento do Homem-Aranha no MCU – ler mais.

Para já, sabe-se que a Sony está a planear mais dois filmes do herói, com Holland no papel. Porém, o personagem, embora tecnicamente ainda exista dentro do MCU, as suas próximas aventuras a solo não irão poder fazer referências aos filmes da Marvel Studios, nem a Marvel poderá mencionar o aranhiço.

Recentemente, o ator Tom Holland, que voltou a dar vida ao personagem em Spider-Man: Far From Homefalou pela primeira vez sobre toda esta situação: “Basicamente, fizemos cinco filmes fantásticos. Têm sido cinco anos incríveis. Mas quem sabe o que o futuro irá trazer? Tudo o que sei é que continuarei a interpretar o Homem-Aranha e a divertir-me. Vai ser divertido, independentemente da maneira que escolheremos continuar. O futuro do Homem-Aranha será diferente, mas será igualmente fantástico e incrível, e faremos de tudo para ser ainda mais fixe.”.

A Sony é a detentora dos direitos do personagem em cinema desde os anos 90, onde a Marvel Comics vendeu o aranhiço, e mais alguns outros personagens, para evitar falência. Após duas franquias live-action, a Sony voltou a dar reboot ao Homem-Aranha e decidiu então criar uma colaboração com a Disney/Marvel Studios para colocar o herói no Universo Cinematográfico desta (MCU). Até então, Holland já deu vida a esta versão do personagem em cinco filmes, dois solo (produzidos pela Sony e Marvel) e três participações em produções apenas da Marvel, que foi iniciada em 2016 com Captain America: Civil War.

Related posts