DC Filmes 

Joker – Joaquin Phoenix perdeu mais de 23kg para o papel do vilão da DC, revela realizador

Com a estreia de Joker no Festival de Veneza, o realizador Todd Phillips esteve em conversa com o Los Angeles Times, e contou alguns detalhes sobres os bastidores do filme.

Segundo o cineasta, o nível de realismo da longa-metragem é “assente no chão”, revelando ainda que o ator Joaquin Phoenix (Herperdeu 23,5 kg para o papel do icónico personagem da DC:

“Eu não acredito que, no mundo real, se caíres num tanque de ácidos, ficas com a pele branca, tens um grande sorriso e o teu cabelo fica verde. Então quando começas a pensar maneiras de reverter essa ideia, isso realmente se torna interessante: E se ele for um homem normal mas que trabalha como um palhaço de aluguer? Foi um dos guiões mais divertidos de escrever, porque tinha de quebrar as regras.”, disse.

As primeiras reações também começaram a chegar, que mostraram ser extremamente positivas. O filme solo do Joker está a ser descrito como “uma obra-prima com Joaquin Phoenix a elevar uma delirante e desequilibrada performance como o personagem-título. Um absoluto triunfo que foi recebido com aplausos de pé.” (via DiscussingFilm)

Por fim, Phillips foi questionado sobre a possibilidade de uma sequela. Embora tenha sido pensada como uma produção independente, o realizador não é contra a ideia:

“Uma coisa te digo: eu faria qualquer coisa com o Joaquin, a qualquer dia da semana. Não existe ninguém como ele e se a Warner Bros. chegasse à nossa beira e dissesse ‘querem saber? vocês poderiam pensar em alguma coisa [para uma sequela]…’. Bom, eu sinto que ele e eu poderíamos pensar em algo muito fixe.”, completou.

Virado para o crime e terror (orientado para o público adulto), o filme será situado nos anos 80 em Gotham City e terá alguns elementos baseados no graphic novel The Killing Joke, retratando e apresentando o personagem como um comediante falhado. A premissa do filme é descrita como “um estudo psicológico a um doente mental que se torna no príncipe do crime.”

A produção não será situada dentro do DCEU (Universo Estendido da DC, onde se situam filmes como Batman V Superman, Wonder Woman, etc), e terá um orçamento estimado em US$ 55 milhões, valor significativamente menor em relação às demais produções de super-heróis.

O ator Bradley Copper (A Star is Born) servirá de produtor ao lado do realizador Todd Phillips (The Hangover), com este a ter escrito o guião ao lado de Scott Silver (8 Mile).

Atores como Robert de Niro (Taxi Driver), Zazie Beetz (Deadpool 2), Bill Camp (Red Sparrow), Frances Conroy (American Horror Story), Douglas Hodge (Penny Dreadful) e Dante Pereira-Olson (Happy!), formam o restante elenco.

Joker é uma ideia que faz parte do selo Elseworld, um tipo de publicações da DC Comics sobre realidades hipotéticas, na qual “os personagens são retirados dos seus cenários habituais e colocados em locais e épocas diferentes. Locais e épocas que existiram ou que poderiam ter existido… ou que não podem, não poderiam nem deveriam existir.” (Via Wikipedia)

Esta versão não tem qualquer ligação com a do ator Jared Leto, introduzida em Suicide Squad (2016). Embora não existam planos para uma nova aparição, Leto continua ligado ao DCEU, e deverá, eventualmente, voltar a interpretar o famoso príncipe do crime (possivelmente em Birds of Prey).

O filme protagonizado por Phoenix chega aos cinemas a 3 de Outubro.

Related posts